“Football Leaks” revela possível fraude fiscal de Cristiano Ronaldo

0

Jogador receberá proveitos de contratos publicitários através de uma empresa criada em Dublin, na Irlanda. Porta-voz do jogador já negou qualquer ilegalidade.

Contratos publicitários e de direitos de imagem com a Nike, Linic, Konami, KFC e Toyota terão sido feitos com Cristiano Ronaldo através de uma empresa sediada na Irlanda, fazendo assim com que o jogador pagasse menos impostos.

A alegação é feita pelo “Football Leaks” e publicada pela publicação espanhola “El Confidencial” que revela documentos da criação da MIM Limited, uma empresa com sede em Dublin, a capital da Irlanda, e que existirá apenas para gerir e negociar os direitos de imagem de “Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro”. Desta forma, o jogador teria de pagar apenas 12.5% de impostos sobre montantes recebidos, um dos valores mais baixos da zona Euro. Caso Ronaldo recebesse esses valores por uma empresa de Madrid, teria de pagar 43,5% de impostos.

Um porta-voz oficial de Cristiano Ronaldo terá garantido ao “El Confidencial” que “o jogador tem cumprido todas as obrigações fiscais em todos os países em que já viveu” e que” todos os negócios que fez foram efetuados de acordo com a legislação em vigor.”

Share.